Trojan: Identificado vírus disfarçado de actualização para o iPad


Identificado vírus disfarçado de actualização para o iPad
Trojan

Foi identificado um novo vírus que tenta passar por uma actualização de software para o iPad
para infectar o PC do utilizador

O esquema foi identificado pela BitDefender que afirma ter descoberto mensagens enviadas para cibernautas, onde os autores alegam que saiu uma nova actualização do iTunes para o iPad.

O problema é que nesta mensagem está um link, que envia o utilizador para um site falso do iTunes infectado com um código malicioso.

Assim que é descarregado para um PC com Windows, este código malicioso liberta um vírus Trojan que deixa o computador vulnerável a ataques de hackers.

De acordo com a empresa de segurança informática, além de abrir o PC a terceiros, o vírus tenta identificar palavras-chave gravadas no computador.
Sol

, , , ,

Powered by ScribeFire.

Anúncios

Governo de Israel proibe a entrada de iPads no seu território


Importações do iPad para Israel em risco
Tablet

O governo de Israel está a proibir a entrada de iPads em território israelita e poderá mesmo impedir a importação do dispositivo. Em causa está o facto de o sinal de WiFi do tablet ser demasiado forte

A proibição da entrada do iPad em Israel já entrou em vigor e segundo avança a Associated Press, só esta semana foram confiscados pelas autoridades alfandegárias cerca de uma dezena de tablets iPad.

A medida foi imposta pelo Ministério das Comunicações israelita, que alega que o tablet consome demasiado as redes sem fios do país e poderá influenciar o funcionamento de outros aparelhos electrónicos.

O problema está no facto de os standards de WiFi norte-americanos serem diferentes dos de Israel, permitindo a transmissão de um sinal mais forte por parte de gadgets como o iPad.

O governo israelita teme que este sinal mais forte possa interferir com outros aparelhos utilizados pelos utilizadores de Israel.

Powered by ScribeFire.

Apple’s iPad hits store shelves


Apple’s iPad hits store shelves

Apple Inc’s iPad  hits store shelves on Saturday after months of intense buzz, giving shoppers their first chance to decide whether the tablet device is worth all the breathless publicity.
Technology | Media

At Apple’s flagship store on Fifth Avenue in New York City, cheers went up as shoppers finally entered the store at 9 a.m. ET, emerging a few minutes later carrying the first iPads, a device touted as a bridge between a laptop and smartphone.

Ler mais deste artigo

iPad já vendeu 120 mil unidades, Apple já lucrou 55 milhões de euros

Apple: reservas do iPad já chegaram às 120 mil
Media e Comunicações

A três semanas da entrada oficial no mercado, a Apple já lucrou 55 milhões de euros com o novo aparelho

Ainda sem ter entrado oficialmente no mercado, a Apple já vendeu 120 mil unidades do novo iPad. Como? Nas primeiras 24 horas em que a empresa começou a aceitar reservas, os pedidos não esgotaram o dispositivo, mas revelaram a euforia dos consumidores, revela um estudo da empresa Investor Village, conhecido esta segunda-feira.

São vários os modelos de iPad na competição. Os pedidos da versão mais económica, de 16 GB, e da mais cara, de 64 GB, superaram o modelo de capacidade intermédia (32 GB). O primeiro iPad a posar nas prateleiras das lojas é o mais económico, o Wi-Fi, sem conexão 3G.

«A Apple já conseguiu alcançar lucros de 55 milhões de euros (75 milhões de dólares) de um produto em que 99,9% dos clientes ainda não tocou ou sequer viu.
Agência financeira

Powered by ScribeFire.

Ninguém sabe o que vai ser o iPad


Ninguém sabe o que vai ser o iPad

  A nova invenção da Apple terá de ganhar espaço entre os computadores e os smartphones. Mas, mesmo que seja um fracasso de vendas, o iPad pode já ter dado um grande passo para revolucionar os computadores.
Com a profusão de cobertura mediática que tipicamente envolve os produtos da Apple, a maioria das pessoas já sabe que o iPad é um computador sem teclado e sem rato, com um ecrã multitoque, desenhado sobretudo para consumo de informação e entretenimento.

É a primeira incursão séria da Apple no mundo dos tablet PC (computadores sem teclado e sensíveis ao toque, que várias empresas têm tentado comercializar, mas com pouco sucesso). É uma espécie de iPhone em ponto grande, sem a funcionalidade de telemóvel e sem câmara. O que ninguém parece saber é aquilo que o iPad vai ser a partir do momento em que estiver à venda, no fim de Março.

O tablet da Apple custa nos EUA entre 499 e 829 dólares (os preços, que
variam consoante a capacidade de armazenamento e a integração de
ligação 3G, ainda não foram convertidos para o mercado europeu). […]

Ler mais… »Ninguém sabe o que vai ser o iPad – Tecnologia – PUBLICO.PT

Powered by ScribeFire.

%d bloggers like this: